Quarta, 19 de Junho de 2019
   
Texto

MMA X Alimentação

Como se tornar um Atlena nível Ultimate Fighting ?

Como qualquer esporte o caminho é longo e muito duro, só não sente o sacrifício, quem faz por amor, e dedica tudo que pode acreditando que a hora da oportunidade vai chegar.

Estar em uma equipe de um bom treinador e receber as orientações certas do mestre da equipe é o quesito fundamental, um mestre é o grande fator que consegue energizar um atleta dia a dia e além de energizar mais ainda quando os dias forem difíceis de verdade, sem essa energia nada acontece, uma energia inexplicável, tipo suporte para todas as dores.

Por trás de todo o treino duro, e dificuldades esta a alimentação desses atletas. Infelizmente hoje em dia se confunde muito dieta estética com dieta de performance.

Então aquelas dietas da moda, você atleta, sai dessa isso é um gatilho para lesões, fraturas e um atleta mediano ou amador, o profissional é bem diferente a situação. Normalmente existem sim a fase de dietas restritas, ou dietas hipercalóricas, mas todas com suas etapas especificas e acompanhadas pelo treinador e pelo nutricionista.

Dietas de atleta precisa ser energética e reparadora, do mais trabalho comer do que ficar sem comer, é necessário compensar os treinos com alimentos reparadores e que elevam o valor hormonal e de condições de aumentar a potencia do corpo de uma forma avassaladora.

O lutador precisa se alimentar de raízes como batatas, mandioquinha, batata doce, cenoura, beterraba, inhame, cará esses alimentos são o carro chefe, aliados juntos a aveia, cereal matinal, arroz, macarrão. A segunda etapa do atleta é a ingestão adequada de carnes, ovos e peixes isso vai de acordo com a categoria de peso que esse atleta possui.

As gorduras são substratos importantes nos horários de acordar e ir dormir, como a manteiga, coco, castanhas, nozes, amêndoas, amendoim, abacate.

A suplementação mais usada no MMA normalmente também pode depender de cada categoria de peso com suas necessidades particulares são: whey protein, albumina, bicarbonato de sódio, creatina, beta alanina, Maltodextrina, Arginina, Waxy maize, Palatinose, frutose, Recovery, LongJack, Colágeno tipo 2, glucosamina, condroitina, ômega 3, Glutamina, Picolinato de cromo, Taurina, Cafeína, entre outros menos convencionais.

Dra Janete Neves

Nutricionista e Preparadora Física

Curta nosso Face!