Quinta, 22 de Agosto de 2019
   
Texto

Olhando as Fibras

A linha de vários produtos industrializados integrais possuem o enriquecimento de fibras  por que elas são melhores do que os alimentos sem fibras?

Hemicelulose - é um grupo de diversas fibras, como por exemplo Arainoglactano (parciamente solúvel) presente em grãos integrais e cereais integrais e oleoginosas, e B-glucanos (solúvel) encontrados na aveia e cevada

Essas fibras são mais ricas em nutrientes e fortalecem a imunidade do organismo humano

Celulose - é o principal componente da parede da célula dos vegetais, sendo uma fibra insolúvel, 25% das fibras encontradas nos grãos e 30% das fibras presentes nas oleoginosas são do tipo celulose

Amido resistente - existem 4 tipos de amido resistente: tipo 1, tipo, 2, tipo 3, tipo 4, classificados de acordo com o grau de digestibilidade e estrutura fisico-química. O tipo 1 está presente em grãos integrais inteiros ou parciamente moidos e sementes, pode ser caracterizado como um amido fisicamente inacessível, por conta da proteção da parede celular e das proteínas. São alimentos importantes para a probiota do intestino

Carboidratos análogos - Dentro desse grupo encontra-se a polidextrose, tipo de fibra sintética, classificada como solúvel.

 

No Brasil a Anvisa recomenta ingestão de 25g por dia de fibras em uma dieta

Sociedade Brasileira de Cardiologia recomenta 20 a 30g por dia sendo 5 a 10g de fibras solúvel

DRI Homens 38g por dia e Mulheres 25g

Quem não atinge essa recomendações na dieta pode sentir:

  • Fome constante
  • Alta taxa de glicose no sangue
  • Aumento do colesterol sanguíneo
  • Falta de minerais no organismo
  • Perda óssea
  • Problemas digestivos
  • Risco a doenças cardiovasculares
  • Aumento de peso
  • Apetite elevado
  • Transito intestinal inadequado ( liquido/pastoso ou endurecido)

Janete Neves

Nutricionista e Antropometrista Isak

Curta nosso Face!